Os livros de Marian Keyes!

Alô, meninaaas!
Tudo bem com vocês?

Demorei mas voltei, com mais um post especial de “culturinha”.
Me perdoem a demora  por um novo post, mas a mudança de emprego e volta às aulas me deixaram sem tempo pra pensar e muito menos escrever. Mas prometo me organizar e não demorar para postar novamente.

Decidi falar de um assunto que eu AMO, livros.

Eu leio tudo que me indicam, mas meus preferidos são as séries e aqueles que me fazem ir pra outro lugar do mundo. Com o tempo vou indicando muitos deles aqui para vocês.

Vou começar por uma série.
Marian Keyes,  8 volumes. Um mais divertido que o outro!

Li 4 apenas, mas posso afirmar que são histórias com as quais todo mundo se identifica um pouco e esquece da vida, do tempo, lendo.

Melancia

Com uma filha recém-nascida nos braços, entrando nos 30 anos e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração destruído, um corpo rechonchudo  e os efeitos colaterais da gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Sem opções, Claire volta a morar com a  família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma destruidora de corações; uma mãe viciada em novelas e que cozinha péssimamente; e um pai à beira de um ataque de nervos. Depois de muitos dias em depressão, bebedeira e choro, Claire decide avaliar os prós e contras de um casamento de três anos. E começa a se sentir melhor. É justamente nesse momento que James, seu ex-marido, reaparece, para convence-la a assumir a culpa seu caso outra mulher..

Quem nunca viu isso de perto?

Férias!

Rachel Walsh tem 27 anos e um trauma: calçar 40! Ela namora Luke Costello, um homem que usa calças de couro justas. E tem alguns probleminhas, por gostar de  drogas. Até que a sua vida vai para a cucuia e ela, na marra, para o Claustro, uma clínica de reabilitação. Ela fica uma fera. Afinal, não é magra o bastante para ser uma toxicômania.

Acompanhar essa jornada numa clínica que está muito além do que ela imagina, é diversão garantida.

Sushi

Lisa Edwards, hypada e sofisticada editora de revistas, acha que sua vida acabou, quando descobre que seu novo emprego “incrível” não passa de uma ordem de deportação para a Irlanda, com a missão de lançar a revista Garota. Se não fosse pela presença de seu novo colírio, isto é, chefe, um sujeito desgrenhado e super na dele, ela seria capaz de girar nos calcanhares de seus sapatos Prada e tomar o primeiro avião de volta. Mas Lisa é Lisa. “Fracasso” é uma palavra que ela não conhece.

Los Angeles

Maggie sempre foi uma anjinha, a cria mais certinha da complicada (e engraçadíssima) família Walsh… até se cansar de andar na linha e mandar todas as regras que a prendiam a um dia-a-dia em sal, para o inferno! O casamento, o trabalho. Ao largar essa vida em preto e branco no passado, Maggie decide se mandar para Hollywood, claro! Terra do glamour, da liberdade.

Los Angeles, de todos, foi o que menos prendeu minha atenção, mas por se tratar de uma série, temos que encarar todos os livros, certo?

Recomendadíssimos, garantia de boas risadas e de muito amor.

Todos existem em versão pocket, dá pra levar na bolsa tranquilamente.

Quando terminar toda a série, conto todos os detalhes para vocês.

Espero que gostem da dica e se deliciem com essa série fofa, que de certa forma, tem um pouco de cada uma de nós.

Relacionamentos, trabalho, sexo, família, relações malucas…

Boa leitura meninas! =)

Depois me contem tudo!

Beeijo!
Carol Martins.


Artigo postado na categoria > Sua Casa


Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.